segunda-feira, 9 de novembro de 2015

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Ode Negra para um Diretor Podre


Não confunda com um mero trapalhão
Pois foda-se se o céu tem pão ou não
Mas o Rodrigo Aragão,
É a prova morta que o cinema brasileiro ainda tem Salvação


(Fábio Guadalupe, Rio de Janeiro 2015)

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Poema Meritocrático para um naco de Carne


Uma boi moído
Sempre será um boi moído
Não importa o que faça
Sempre será um boi moído
Mesmo que brinque e se fantasie de Alcatra
No final do dia quando se olhar no espelho
Ele verá apenas um boi moído.

(Fábio Guadalupe - Rio de Janeiro, 28 de maio de 2015)